Tratamento de Queimaduras 

O papel da cirurgia plástica reparadora no atendimento aos queimados é importantíssimo, dentro de uma equipe mutidisciplinar. A queimadura é caracterizada por uma lesão que foi gerada por algum agente físico, como o calor, o frio, entre outros. A classificação da queimadura dentro da cirurgia plástica é feita por sua extensão e por sua profundidade. O tratamento da queimadura divide-se em fase aguda e tardia. A fase aguda é aquela no momento do acidente, que deve ser hospitalar (Centro de Queimados) ou ambulatorial, por cirurgião plástico com treinamento para tal. O tratamento na fase tardia é aquele que ocorre quando não há mais perigo de vida e as feridas já estão cicatrizadas. Nessa fase são tratadas as sequelas decorrentes da queimadura, como cicatriz hipertrófica, quelóide, bridas, que representam uma questão de limitação estética, mas principalmente funcional. A reabilitação é um processo longo, que depende muito do empenho e colaboração do cirurgião plástico, paciente e familiares. Outros profissionais da saúde, como fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos e nutricionistas também são de fundamental importância.

© 2016 por Dr. Bruno H. Passos