Não tenha medo da cirurgia de prótese de silicone!




A busca por um corpo perfeito é constante tanto pelos homens quanto por mulheres. Um ditado popular diz que ”nunca se está satisfeito com aquilo que se tem”. Por exemplo, se os cabelos são lisos, queria se ondulados e vice-versa.

Como as técnicas cirúrgicas estão evoluindo cada vez mais, hoje em dia, é possível sonhar alto e conseguir o que sempre quis. O desejo por próteses de silicone nos seios está crescendo a cada ano. Mulheres de diversas idades passam pela cirurgia e obtêm resultados muito satisfatórios.

O procedimento cirúrgico é seguro, podendo ser realizado em qualquer paciente, desde que esteja em perfeitas condições de saúde, feito por profissional especializado e em locais adequados. A cirurgia é ambulatorial, ou seja, não necessitando de internação hospitalar, na grande maioria dos casos.

As pessoas costumam criar certos mitos em relação a esta cirurgia, não existem restrições, mas é necessário avaliar cada paciente individualmente. A cirurgia é ambulatorial, realizado em ambiente hospitalar sob anestesia local e sedação, acompanhado pelo anestesista, com duração de aproximadamente 2hs.

Em primeiro lugar, comenta o cirurgião, é fundamental que o paciente busque a proporcionalidade no seu contorno corporal, avaliando e discutindo com o médico o volume do implante de silicone a ser colocada. Ele lembra ainda que as próteses variam de formatos e marcas, as quais serão escolhidas pelo cirurgião e o paciente.

A prótese, esclarece o cirurgião, é colocada abaixo da glândula mamária, não impedindo a amamentação e tampouco o diagnóstico de tumores da mama. Elas podem ser colocadas através de uma pequena incisão na aréola (bico do seio), ou abaixo da mama, no sulco submamário ou ainda nas axilas. O pós-operatório pode ocasionar, nos primeiros dias, um desconforto nas mamas semelhante ao do período menstrual, e o inchaço, também muito comum, pode prolongar-se por até 30 dias. Salienta ainda, que a paciente retorna para casa no mesmo dia da cirurgia, mas que não deve praticar esforços físicos, sobretudo com os braços, devendo-se ter cuidado com traumatismos diretos sobre as mamas. Além disso, é recomendado estabelecer repouso nos primeiros dias e ainda não dormir de bruços.

Quanto aos riscos, pode acontecer sangramento, infecção da prótese, contraturas e cicatrização com qualidade ruim. Mesmo assim, todas as complicações são pouco freqüentes e podem ser tratadas, não prejudicando o seu resultado estético final.

#corpopergeito #mulher #mama #protese #silicone

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.

© 2016 por Dr. Bruno H. Passos