Cuidados com a Alimentação na Época de Natal



Aproxima-se o Natal e com ele todos os pratos e doces típicos desta época. Bolo Rei, filhoses, sonhos, bacalhau ou peru e todos os outros doces que se consomem por estes dias são motivo de preocupação para todos os que querem manter o peso controlado. Mas será caso para prescindir totalmente destes alimentos? Podemos abrir uma exceção? Como?


- Lembre-se que não é aquilo que come na Ceia de Natal que engorda, mas sim os seus hábitos ao longo de todo o ano. - Conheça as suas necessidades e fale com um Nutricionista para que saiba como pode incluir alguns alimentos mais calóricos na sua alimentação. Se tem problemas de saúde deve ser mais rigoroso/a. - Nem 8, nem 80! Não precisa de se privar de tudo durante um mês, para depois se «vingar» na semana do Natal! Aprenda a dosear os alimentos mais calóricos. Para a maioria das pessoas, fazer um excesso uma ou duas vezes por semana é perfeitamente tolerável e não colocará em risco o peso ou a saúde. Mas tenha atenção se os seus hábitos normais já incluem alguns excessos. - Reduza o consumo de fritos. De entre os alimentos de Natal, os fritos são sem dúvida os mais calóricos. Por isso, guarde-os para os momentos realmente especiais e não mais que uma/duas vezes por semana. Faça uma lista dos alimentos que mais gosta e tente distribui-los de forma equilibrada pelos vários dias desta quadra. - Os pratos típicos de Natal, como o bacalhau cozido ou o peru assado, podem ser ótimas opções se tiver alguns cuidados. No caso do bacalhau cozido, acompanhe com bastantes hortaliças e não se exceda nas batatas. Quanto ao peru, asse-o no forno sem adicionar gorduras (azeite, margarina, etc.) Experimente colocar o peru num tabuleiro com várias ervas aromáticas, legumes e temperos como limão ou um pouco de vinho branco. Depois cubra com uma folha de alumínio e deixe cozinhar lentamente. Verá que a carne mantém a suculência e sabor, sem ter de adicionar mais gordura! - Por último, tente manter alguma atividade física. O Natal é uma época de convívio e, geralmente, há mais tempo livre para passar com a família. Faça uma caminhada ligeira após o almoço sempre que o tempo permitir.


Em suma, lembre-se que uma alimentação saudável é feita de pequenos cuidados que consegue manter todos os dias e não de opções radicais! Se conseguir seguir um conjunto de cuidados simples terá seguramente margem para cometer um ou outro excesso na noite de Natal. Vai ver que se aprender a comer, será mais fácil manter o peso controlado!





























Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.

© 2016 por Dr. Bruno H. Passos