Cirurgia plástica das mamas após gravidez




A cirurgia plástica das mamas após gravidez é muito procurada devido as alterações que ocorrem nos seios após a gestação e amamentação. Durante a gestação e amamentação ocorrem um série de alterações nas mamas, sendo que a principal delas é o aumento expressivo das mamas para a produção de leite. Passada a gestação e o período de amamentação ocorre uma regressão de toda estrutura glandular da mama causando alterações que, muitas vezes, são causa de desconforto para muitas mulheres, como flacidez de pele, diminuição grande do volume, “queda” dos seios, etc. É quando entra o papel da cirurgia plástica das mamas após gravide.

A atrofia mamária pós-gestacional (nome técnico dado as alterações das mamas após a gravidez) é causa comum de queixas por parte das mulheres. Felizmente, existem diversas técnicas que podem ser utilizadas para resolver o problema que vão desde a colocação de uma prótese de silicone até um cirurgia plástica para levantar os seios (mastopexia).

O tempo mínimo para o corpo da mulher voltar ao normal após a gestação é de 6 meses. A cirurgia plástica das mamas pode ser feita após 3 meses o término do período de amamentação, quando os seios já estiverem com as características definitivas após a amamentação.

A colocação de silicone não é obrigatória na cirurgia plástica das mamas após gravidez. O fato que ocorre é que, na maioria das vezes, as mamas diminuem muito de tamanho tornando difícil tecnicamente se conseguir um formato adequado sem uso de próteses. Entretanto, para as pacientes que mantiveram um tecido mamário adequado após a gravidez é possível apenas fazer a cirurgia plástica para levantar os seios (mastopexia).

#gravidez #mamas #plástica #gestação #amamentação #mastopexia #prótese

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.